Arranhar a carne

Posted by xXxPePexXx | Posted on 00:44

0


Não quero pensar no tempo que temos, no que o futuro poderá trazer. Não quero previsões na minha vida, simplesmente a quero viver!
Ama-me, aqui e agora, sem medo do que vem a seguir, sem pensar se ficaremos juntos, sem pensar se teremos futuro.
Vem! Anda! Vem-me sentir! Esquece os ponteiros do relógio que andam sem parar, esquece as regras impostas pela sociedade, ninguém que te obriga a eternamente a comigo ficar...
Anda! Agarra-me depressa! Faz o meu corpo vibrar, em cada toque que percorre o meu corpo, naquele abraço que todas as sensações vem despertar...
Anda! Ateia o fogo esquecido em mim mesmo ... Ateia-o! Alimenta-o, não o deixes apagar! Agarra-me! Torce o meu corpo de forma a se unir com o teu na chama que todos vêem, na chama que nos consome, que nos está a sufocar...
Anda! Descontrola os teus movimentos! Esquece os pensamentos! Deixa-te levar...
Criticas? Deixa-os falar... inveja da coragem que tens de não impor regras, de me amar,
inveja da coragem que tens de te entregar... de pensares que não existe amanhã, e que tudo o que anseias deves alcançar...
No fundo, queriam ter a capacidade de se entregar por uma noite, apenas pelo privilégio de sentir a pessoa amada bem perto, a sua respiração quando está a dormir...
Anda! Ama-me! Se quiseres podes nunca mais voltar... terá sempre valido a pena se souber
que na hora me estás mesmo a amar...
Mágoa, não tenho. Como posso ter mágoa de quem a felicidade me está a mostrar...
A beleza não existe no momento que se realiza, a beleza está para ficar, e lá porque o amanhã não chegou ou porque não estás para ficar, não quer dizer que não seja verdadeiro todo este maravilhoso mundo que me estás a mostrar ...
Ama-me! Põe o meu corpo em transe daquela tua maneira tão própria que me faz a ti subjugar ... Quero sentir que não controlo a minha vontade, que é impossível controlar...
Ama-me! e deixa-me desfrutar da beleza que conheces e que sabes poder partilhar ...
Ama-me! e deixa-me depois acordar em teus braços a sorrir sem nada nem ninguém a quem me justificar...
... E quando tiveres de me dizer adeus, sorri-me, beija a minha face e eu sei que subi aos céus em teus braços, em teu corpo, em teus sonhos nesta noite ...
Não quero saber de acordar... Sei que foi mágico, sei que foi meu ...
... sei que fui feliz ...
Ama-me!!!

Nem sempre são sorrisos...

Posted by xXxPePexXx | Posted on 00:22

0


Segredos
quem não os tem?
Quem não os esconde entre dedos
todos aqueles segredos que
até hoje guardei.
quem ama e mal amado é
sofre em silencio
com um sorriso nos lábios
bordado.
bordado com todos os segredos
das manhãs mais claras
do riso dos seus filhos.
Por trás de cada bordado
um segredo
por trás de cada sorriso
uma magoa.
Ó saudade dos tempos
inocentes.
em que as mães eram portos
de abrigo.
E um simples beijo curava dores e
problemas.
Sonhamos um dia ser amados.
Sempre aparentando
estar viva a esperança
de felicidade eterna. .
E sempre sabendo o porquê. .
guardando a razão em segredo. .
Serão anos. .
Será todo o amor. .
serão todas as horas . .
E quando a minha hora chegar
saberei dizer
que a vida é efemora.
E devemos vive la,
saboreando a . .
a cada doce brisa,
o som do mar,
a voz dos seus filhos,
o calor do sol,
e a beleza da lua.
Mais doce será a lembrança . .
Que fizemos o nosso papel. .
e partiremos numa viagem
de esperança. .
Por todas as lágrimas. .
Por todos os segredos
que um dia guardei. .
Pelos anos entre nós. .
Pelo momento em que vemos
os nossos filhos ganhar asas. .
Escrevo como gente grande,
como gente grande que sou.
Mas nem todas as linhas
nem todas as folhas poderão ditar
as horas em que fui menos criança
e as muitas em que fui adulto forçadamente.
Por todos os segredos..
Por todas as horas..
serei sempre um sonhador.
sonho e sonharei
eternamente. .
com um . .
Felizes para sempre. . .

Sentimento

Posted by xXxPePexXx | Posted on 16:17

1

Se a felicidade existe
a sua fonte é rara ou
simplesmente...
não existe.

Por cada lagrima derramada
abre se uma ferida rasgada
penosa dolorosa.
quando o abandono
se apodera de nós
e a magoa fala mais alto...
O coração chora e a minha voz
some se num eco mudo...

Para os que sofrem sozinhos
partilho o meu sofrimento
como se do meu se tratasse.
dos que tudo teem sinto inveja
ódio, rancor...
especialmente daqueles
aqueles que tudo teem sem
nada darem em troca.

Não me considero mártir mas
a dor tem sido minha companheira.
digo o que sinto sem ter medo,
não vejo mais o porquê de ter medo
pois não existe mais
sentimento.

Fico com restias de esperança
e pedaços de desejo de um tu
que não encontro
e um eu que nem vejo...

Dedo na Ferida

Posted by xXxPePexXx | Posted on 02:43

0


Porque tudo isto é uma ferida aberta...


Cada vez que estiver com alguém vai lembrar se do que fez, lembrar se a de mim, dos momentos de paixão dos momentos em que o corpo e alma se uniam e as palavras davam lugar ao silencio, ao prazer a loucura a uma erupção de sentimentos natural... Das vezes em que um olhar dava inicio a uma reacção espontania um sorisso, pensa que ter alguém vai ajudar a esquecer me, é mais simples esquecer a ideia pois isso só me faz ficar irritado triste e as pessoas constantemente a buzinarem me coisas sobre outras coisas que se passam estou farto será que não mereço ter paz? Farto de pessoas que me dizem coisas que não quero realmente saber... Se acontecem.. Parabéns só mostra falta de carácter e mais me faz sentir mal por me ter enganado tanto embora saiba que nem tudo é a traição sim porque os momentos bons foram fantásticos únicos preciosos o mesmo nunca ouvi, porquê a mudança? Uma vez conheci alguém que me olhou nos olhos e fascinou. Um olhar perdido tudo isto porque? Falta de amor, falta de afecto? Ensinei pequenas coisas não sabendo o que era amar vagiando divagando mas aprendendo fui perdoando e perdoando mas as magoas foram sulcando o interior. Até que se deu o ponto de erupção o final que não foi final foi uma avaliação pois ambos lutavam pelo mesmo objectivo sem objectivo mas tentando e eu enrolado numa mentira captado no meio de uma mentira tão feia. A mentira é algo que me magoa tanto nunca o fiz mentir inocentemente é algo tão vulgar agora mentir ocultando uma verdade tao feia e mesmo assim argumentando defeitos meus com que consentimento? Tiveste me nas tuas mãos deixaste me escapar porque? Talvez não fosse eu o que realmente querias. podias te lo dito facilitava a dor que senti preferia sentir ao acontecer e saber pela pessoa que inocentemente ou não não sabendo foi usado pela desculpa de falta de afecto, falta de atenção. Existem pessoas que simplesmente não sabem o que é sofrer na vida e fazem troça do mesmo com atitudes do género. Admito não tive nem sinto carência nenhuma e visto ser uma relação mutua o carinho era dividido, partilhado. Compreendo agora porque me sentia tão mal na tua presença depois de ter acontecido eu notava diferença, se existe pessoa que te veio a conhecer era eu e não sabendo mentir deixaste te ir e foste sofrendo por isso a cada rejeição de toque a cada palavra não tão boa a mim nunca conseguiras mentir pois se alguma vez te faltei ao respeito merecedor de tal acção não o sou e sabes que sim pois para mim numa relação os segredos não existem e quando existem a relação deixa de ter sinceridade e não é desculpa o já ter acabado ou não mesmo tendo feito o que fizeste entreguei me a ti da mesma forma que sempre o fazia e o toque... o toque não era o mesmo o beijo tinha sabor a veneno de mentira. Uma ferida aberta difícil de fechar ou até impossível que gostava de saber como a ultrapassas com tanta facilidade...


A solidão é escura,
Negra e sombria,
Uma verdade bem dura,
Uma verdade bem fria.

A solidão também mata,
Fere, pisa e destrói,
Uma ferida que maltrata,
Uma ferida que dói.

É um pensamento que assusta,
É um medo que vive,
Uma doença que barafusta,
Uma doença que tive...

Tive, tenho e terei...
Pois nunca cura haverá,
Dela me escondo e esconderei,
Mas sempre (ela) me encontrará.

Quero continuar a viver,
A minha vida não é tão má,
Mas ela faz-me morrer,
É uma pedra que em mim há.

A solidão é essa pedra,
E bem dura, por sinal,
Eu bem a tento destruir,
Mas fica sempre igual.

É semelhante a um fracasso,
Essa solidão relutante,
Tudo o que fiz e agora faço,
É no fim, fracassante...

Tanta tristeza me afunda,
No meu pranto de lágrimas mortas,
Deixa em mim essa mágua profunda,
De ter fechado todas as portas...

Trust do you know what's the meaning of it?

Posted by xXxPePexXx | Posted on 20:44

0

Once he said...

You and me
Meant to be
Immutable
Impossible
It's destiny
Pure lunacy
Incalculable
Insufferable
But for the last time
You're everything that I want and ask for
You're all that I'd dreamed
Who wouldn't be the one you love
Who wouldn't stand inside your love
Protected and the lover of
A pure soul and beautiful you
Don't understand
Don't feel me now
I will breathe
For the both of us
Travel the world
Traverse the skies
Your home is here
Within my heart
And for the first time
I feel as though I am reborn
In my mind
Recast as child and mystic sage
Who wouldn't be the one you love
Who wouldn't stand inside your love
And for the first time
I'm telling you how much I need and bleed for
Your every move and waking sound
In my time
I'll wrap my wire around your heart and your mind
You're mine forever.. now
Who wouldn't be the one you love and live for
Who wouldn't stand inside your love and die for
Who wouldn't be the one you love


how many times, when will I stop feeling this pain?

Algo que ja fui

Posted by xXxPePexXx | Posted on 20:32

0


Soltaste-me as veias na minha paixão vivida
sentida e sofrida

Descobriste-me cores novas
e com elas entorpeceste-me os sentidos...
os meus sentidos

Fechaste-me os olhos a tudo o que não
te contornasse o esboço

Quiseste-me teu a todas as horas
e inspirações

Exigiste-me todos os desejos
e para todos os teus desejos

Mediste-me os cansaços
até à exaustão

Percorreste-me a vida
em solavancos de amargura

Ficou-me uma vida mutilada, castrada
sem anos e anos de sonhos
em vontades balbuciadas

Não voltes!!!

Nem nas cores das memórias,
nem nos sorrisos precisos
e exactos de tudo o que um dia
me fez sorrir...

Esperando um sinal

Posted by xXxPePexXx | Posted on 02:14

0


Hoje dei por mim sentado no chão na total escuridão. conseguia ouvir a suave melodia que continuava a tocar no meu leitor de musica que deixara no chão a meu lado ainda a passar a mesma musica, por vezes penso que certas musicas fazem parte de mim um pouco como uma espécie de banda sonora, está é diferente toca me cá dentro faz m lembrar do quão só me sinto agora e que um olhar numa fracção de segundos pode causar borboletas no meu estômago.. O que sinto não sei explicar sinto uma espécie de turbilhão de sentimentos um tanto de euforia um tanto de incerteza e um outro tanto de esperança. Não existem palavras, simplesmente resta me esperar mas não nego que é difícil se ao menos soubesses como fico quando me falas, sinto me como uma criança as vezes dependente de algo que posso ter ou não tal como uma estrela que passa no céu negro.
E novamente espero tenho medo de voltar a sentir dores que já senti outrora e que me deixam uma magoa ainda hoje mas não vejo necessidade de cruzar os braços e desistir, para quê? A vida é tão curta, o amanha não é totalmente garantido. Por mais que sofra nunca perdi a vontade de viver e tenho orgulho nisso, sonho um dia ser feliz e ver todas as pessoas que amo felizes perto de mim e alguém a meu lado a quem possa amar, confidenciar e depositar toda a minha total dedicação e um desejo de a manter intacta estavél uma espécie de felizes para sempre. Não entendo porque a vida por vezes é tão injusta a quem viva para a fortuna outras pela fama, poder, outras simplesmente por viver.
Não ambiciono nenhuma delas ambiciono a felicidade seja ela real ou não, afinal merecemos todos um pouco dela? Alguém com quem partilhar essa mesma felicidade e multiplica la um bilião de vezes. Só o tempo o dirá... Tenho que agradecer a quem me ouve e apoia pois a vida é uma caminhada tão longa e tumultuosa que sem amigos para sarar as feridas tudo seria difícil.
Um sentido...
... OBRIGADO!

Silencio

Posted by xXxPePexXx | Posted on 23:16

1


O meu silêncio carrega dor......



a dor de não mais poder

cantar ao mundo a alegria

a esperança, a beleza





O meu silêncio evidencia a morte dos sonhos



E os meus grunhidos são um

constante pedido de socorro

ora disfarçados em gentilezas

ora demonstrando em toda a minha ira



O meu silêncio esconde

um coração sangrando

e pelas suas entrenhas

escorregam algumas palavras...





...a resistencia do meu ser







...a morte que anuncio





O meu silêncio faz muito ruído

partilhando o vazio presumido

a mágoa e o desdém

ao perverso da existência







O meu silêncio tatua espaços...









Tu...

que desabafas as tuas dores,

enfrentas leões e,

como pedra a cantar

espantas com força

todas as sombras...









Nunca te esqueças,

tens na alma a realeza e

a beleza doce de um mar calmo.









Acredita,

onde o destino te possa levar...

tens em ti, a essência da Vida

Respira-a e na velocidade do pensamento

sem contar o tempo, seja dia ou noite...







Sorri...









Sonha...









Vive... sem silêncio!

dia 13

Posted by xXxPePexXx | Posted on 00:50

0


Lembras-te daquele dia em que saímos?


O dia em que pela primeira vez o beijo que dei não foi dado com os lábios ...



mas foi dado de alma cheia!



Os meus lábios apenas foram o veículo para a minha alma tocar na tua ...




Pela primeira vez dei um beijo sincero,





um beijo que marcou o início de um amor que até hoje eu ainda sinto!





Nesse momento amadureci e finalmenteos meus olhos puderam ver o que antes estava escondido ...





o amor!





o amor era mais do que tudo aquilo que tinha experimentado até então ...






o amor era maior do que poderia supor ...






o amor era um sentimento ...





que causava sensações absurdas, maravilhosas, confusas ... mas tão grandes!






Queria ter começado este dia, o primeiro dia que não é nosso,






a sentir o sabor dos teus lábios,a olhar no fundo dos teus olhos ...




não consegui!





mas trago as nossas recordações,





aninhadas dentro do meu peito, calorosas, reconfortantes ...






Aconchego-as no meu colo, acarinho-as ...






Guardo-as em papel de seda, enlaçadas em fita de cetim.







Retiro a fita com meiguice e cuidado, não as quero adulterar,





quero sempre lembrá-las tal como foram vividas.





Para as reviver basta-me fechar os olhos ...




tocar com a alma a tua imagem ...






Os teus olhos brilham,





aquecem o meu coração com o olhar ternurento que me deitas ...





de olhos bem abertos,com a tua carinha linda,






os teus olhos olho e ouço-te dizer




" amo-te muito ",de seguida beijo os teus lábios,





mesmo sem estar contigo faço-o nos meus pensamentos, nos meus sonhos ...





faço-o todos os dias, a toda a hora,




hoje, amanhã e sempre ...





o amor não tem hora marcada ...




LEMBRO-TE SEMPRE!!! mesmo que tudo agora tenha desaparecido para todo o sempre...



sozinho no mundo

Posted by xXxPePexXx | Posted on 00:38

0







Este não é o meu lugar, sinto-me a sufocar, a morrer! Grito por socorro mas ninguém me ouve, grito, mas ninguém me ajuda! Magoado, triste, confuso, desanimado, perdido ... sofro ... choro!E se eu desaparer?Quem sabe se eu desaparecer sem deixar rasto, sem saberem se continuo a respirar ou não, quem sabe se eu me entregar ao mar e partir, quem sabe se eu desaparecer sem deixar nada da pessoa que fui e ainda sou, sem deixar nada na memória das pessoas que me viram e que me conheceram, sem deixar, as palavras, de pouco mais de um ano, que aqui tenho escrito, alguém perceberá?Se eu desaparecer, a memória de todos os meus actos e de todas as palavras que disse, ouvi, e de todas as palavras que nunca consegui dizer serão como se nunca tivessem existido.Se um dia eu partir alguém irá notar? Alguém irá chorar? Se eu desaparecer ninguém se irá lembrar de mim, ninguém se irá lembrar que um dia eu existi ...
sou apenas uma pequenina gota num imenso oceano por descobrir ...
Quando eu desaparecer não quero lágrimas pois creio que nesse momento não sentirei mais dor.






Lembrem-se das minhas palavras ditas e escritas ... a quem conviveu comigo ...
Que se lembre eternamente do meu sorriso naqueles dias em que fui verdadeiramente feliz!

Vazio

Posted by xXxPePexXx | Posted on 00:25

1


De um momento para o outro damos por nós perdidos, num momento temos tudo e no seguinte temos uma mera mão cheia de nada. A vida é cruel sem duvida, mas pergunto m como é que pode doer tanto, seremos merecedor de tal castigo? Sinto m triste vazio sem vida talvez. Quem não teme a solidão? Faz m lembrar velhos tempos em que algo que m aconteceu me ensinou uma lição, uma lição de vida, se não tivermos mais tempo, imaginem a pessoa que mais amam aquela que mais estimam a mais importante de todas elas. Por vezes esquece mo nos que o amanhã não é totalmente garantido… Quantas pessoas sabem o que é o amor? Milhões de pessoas possivelmente nunca o saberão pois só sabemos o que é o amor até o perdermos, cada vez que estiverem com essa pessoa que amam abracem na beijem a como se nunca mais a voltassem a ver. Façam isso não se vão arrepender pois amanha esses momentos esses simples gestos podem simplesmente deixar de existir pois essa pessoa já não será a mesma já não estará lá, aquele sorriso, o andar, o sorriso aquela pessoa que nos esper com ansiadade e quando a encontramos nos preenche de um bem estar estremo um bem estar único, sentimo nos protegidos o mundo fica pequeno minúsculo o mundo está ali o mundo é um momento é um beijo dado é uma troca de olhares é um gesto de carinho é uma palavra reconfortante. Tudo isso pode tornar se num nada incrivelmente e chocantemente de um dia para o outro, o amor encontra nos e esquece nos assim. Quando acontece caio fico estendido no chão, não existe reacção lentamente perco todos os meus sentidos deixo de ouvir os meus olhos vêem um branco um mero nada as minhas mãos não sentem o chão a estabilidade necessária e caio sem sair do mesmo local num abismo infinito sem final a vista. Acredito porém que nada na vida vem por acaso tudo nos serve de lição mas é uma estrada tão solitária por vezes digo a mim mesmo para desistir, porque me deixaram assim? Para onde vou agora? Porque me deixaram aqui vazio sozinho abandonado?
Cada folha do meu caderno

o caderno em q escrevo o que sinto

tem a tua marca o teu perfume o teu olhar

em cada verso em cada estrofe

posso sentir o doce som da tua voz

e o lapis dança escrevendo aquilo

que m vai na alma e no coração

pois então não havia de ser dolorozo

reviver as memorias a cada poema que escrevo

sabendo que a dor fria que sinto não tem cura

então sofro em silencio escrevendo ao relento

e as paginas vão se esgotando

as horas vão passando e as forças fraquejando

e a dor vai aumentando e a ausencia separando

sabendo que as coisas que passamos

escrevendo ou desabafando

puderão ser esquecidas, apagadas

friamente ou abandonadas

ao relento da memoria desta cruzada

Death Angels

Posted by xXxPePexXx | Posted on 22:55

0


O sol brinca com as nuvens num mar de recordações, o vento brinca com as árvores, desperta paixões, sintonia perfeita numa natureza que alguém se lembrou de pintar, pequenas alegrias, simbólicas do quanto feliz se pode ficar! Se olharmos bem, conseguiremos ver, as fadas que dançam, fazendo as flores crescer, ou então os duendes, que a saltar, brincam no meio desta natureza sem par!Hoje sou flor, que a fada vem ver, ou então a arvore que vê os duendes a correr, sou sonho de criança, que a fantasiar, coloca o vestido de princesa e ao salão vem dançar! Sou a fantasia que crio na minha cabeça,o dono do meu castelo, sou da realeza, permito-me viver um pouco num mundo só meu, permito-me pintar o quadro de tamanha pureza!Felicidade, acho que era isso que queria retratar, nas cores que se fundem num horizonte de encantar, ou então nas luzes que se cruzam no mar, com a espuma das ondas que a areia vêm beijar, paisagens perfeitas, cores que ninguém consegue descrever, imagens de sonho que a retina retém, numa época remota que já ninguém vai viver!Há quem diga que sonhar é para quem não cresceu, há quem diga que quem vive a sonhar é porque não sofreu, e pergunto-me eu, se não é o lutar para que a dor não nos venha alcançar, que faz de nós, espíritos crianças, sonhadores, que os sonhos não vão abandonar!Pergunto-me eu, talvez esteja a perguntar mal, mas viver sem expectativas, é como uma parede sem cal, escura, triste, que ninguém quer comprar, uma alma vazia a espera de alguém para a embalar!Talvez também eu um dia venha a perder, esta alma de criança que em tudo quer mexer, mas acredito que se um dia, por essa fase tiver de passar, a outra asa de anjo me virá encontrar, agarrará a minha mão, fará as minhas lágrimas verter, para depois as duas asas juntas bater, para me fazer de novo sonhar, e por fim na felicidade acreditar! Sim anjos, numa definição só minha, definição particular, já que gosto de na sua existência acreditar, é como crer, que toda a gente na terra uma alma gémea vai ter!Não conhecem esta história? Então deixem-ma contar, pode ser que assim vos faça acreditar!Conta-se que em tempos, no céu veio a habitar, dois anjos distraídos que nas tarefas pareciam não acertar, então um ser maligno, resolveu lhes atribuir, uma tarefa que achava impossível deles não conseguirem cumprir. A cada um, às mãos entregou, um tabuleiro, em que os pares, almas gémeas, juntou, para que eles na terra os viessem colocar, e esses casais, já mais velhos, se pudessem amar! Mas pobres anjos, acabaram por tropeçar, e os pares, misturados, ao chão foram parar! Aflitos, os anjos, tentaram recolocar, os pares certos nos tabuleiros, mas sem acertar, e é por isso que muitas pessoas, procuram sem encontrar, a sua ama gémea, que longe deles acabou por vir habitar!É nisto que penso, quando o meu coração começa a gritar, pela companhia que não consigo tocar, e volto a sorrir, porque percebo que não me vou permitir, de desistir, de largar aquilo em que acredito, aquilo dentro do qual cresci, um amor, não perfeito, mas que caminhando para o mesmo horizonte sabe coexistir, e que quando olho sei que um dia vou sentir! Espero que com esta história uma luz, mesmo que ténue, esteja a brilhar, e que no meio da tempestade, não deixem o barco voltar, que com ela, ao olhos fechar, sintam o corpo a despertar, se lembrem do beijo que um dia vos derreteu, lembrem se da forma como o vosso corpo, ao toque, respondeu, e sonhem, que um dia estarão a repetir essa experiência, numa noite de loucura, sem coerência!No dia que isso acontecer, a vossa alma, do vosso corpo se ira desprender, e no meio dos duendes e das fadas que estão a dançar, vocês se verão, e nem vão acreditar, que passado anos, que depois dos sonhos de criança perder, no meio desses mesmos sonhos, vocês estão para a vida a nascer!

Wish

Posted by xXxPePexXx | Posted on 22:48

0


Queria ser capaz de ter as palavras certas para escrever o que me vai na alma... Mas não as tenho, sinto-me perdido no tempo e no espaço, perdido no meio das pessoas, no meio de ninguém...Procuro os meus sonhos, aqueles que a ninguém confesso, procuro encontrar tudo aquilo que perdi e que nunca encontrei.Sinto tudo como ontem, vivo no dia de hoje, preparando o amanhã...Que me espera depois da noite? Que segredo me irá revelar o tempo?Anseio, por uma vida, por um sentido, por um amor, por um sonho que já foi realidade...Perdi-me no tempo...Perdi-me em ti!Quero voar pelo mundo, quero conhecer o que não conheço, quero amar o que não amo...Quero encontrar um sentido para a vida...Quero deixar sair o que me vai na alma...Quero... ou será que, na realidade, não quero o que quero?Sei o que procuro, sem saber o que quero...Aspiro o ar que me envolve, que me lembra de ti...Agarro-me à fina corrente invisivel que ainda nos liga e penso, penso no tempo, no espaço, no ontem, no hoje, no amanhã, penso no momento...Deste-me tanto, deste-me tão pouco, deste-me o tudo e tiraste-me o nada!
Sou teu. Profundamente teu, completamente teu e nada mais que teu, quero ficar contigo... Quero voltar ao passado, quero parar o tempo, o que sinto, o que receio.Quero que leias isto. Que saibas o quanto te amo... O quanto passo as noites em branco, em busca de ti... No frio que congelou a minha alma...


Quero que saibas que o tempo não passa, não mexe, não evolui...


Quero que saibas, o quanto significaste, significas e significarás para mim!Tu és parte de mim! Eu sou parte de ti... Ambos somos o todo!




Nunca te esqueças de mim...



Do amor que te dei... Do amor que recebi!

o que procuro?

Posted by xXxPePexXx | Posted on 22:34

0




Se caminho, se me empurram,


Se me perco, se me encontro,


O que procuro,


Não sei….


Sinto-me tão longe,


Tão perdido,


Tão só,


Não sei de mim, nem sei de ninguém…


Faltam-me as forças,


Tudo se foi, sem alguma vez ter sido,


Tenho tudo?


não tenho nada?


Não sei…


Num mar frio imenso,


Sem rumo, segue a minha alma,


Perdida na escuridão,


Não sei se vivo, se morro…


Porquê,Têm tudo que ser triste,




Onde estás?


Porque não sei de ti ?...


Eterna angústia do desespero,


Num céu escuro sem amanhecer,


Quero-te, quero-te tanto,




Mas, não sei procurar por ti…




Não sei mais quanto vou aguentar,




No frio da minha confusão,




Nada faz sentido,




Quando, não sei amar-te…




Acabei com tudo,




Cobardia, medo, ciúme,




Tudo se escapa, como areia nas mãos,




Não sei, meu amor, não sei…




O meu ser,






Feito do sabor das tuas lágrimas,




Quer dar-te tudo,






Mas, não sei dar-te nada…






Segue no teu mar meu amor,






Deixa-me só,






Talvez só, me encontre,




Que, não sei, fazer-te feliz…






Um dia que volte a mim,






E não sinta o teu calor,






Irei para a eternidade,






Com o peso das lágrimas de uma vida…






Mas, tenho medo,






Não quero fechar os meus olhos,






Tenho medo de partir,








Pois, sem ti, já não sei viver…

Saudades

Posted by xXxPePexXx | Posted on 22:23

0


Sinto saudades do dia em que nunca nos encontramos.




Sim, daquele em que não nos vimos pela primeira vez.



Desse em que nunca te tive.




Daquele em que não falaste o que eu queria ouvir.





Da nossa primeira noite que jamais houve, quando deixamos de conhecer-nos biblicamente até o desmaio.




Tenho sede da noite em que nem começamos a beber-nos.






Sinto fome dos momentos em que não estávamos um no outro,devorando-nos gota a gota.







Poderia desenhar nos mínimos detalhes tudo o que não aconteceu.






O amor que não explodiu, o desejo que não cristalizou etodo esse nada que não vivemos tão intensamente separados.






É uma saudade tão grande!Uma saudade como se nunca tivesse acontecido.






Como este afago que não te mando e que nunca o receberás.

Coração Magoado

Posted by xXxPePexXx | Posted on 22:05

0


Eu era pequeno, e a minha mãe dizia me:
"Meu Filho, presta atenção
Só há um caminho certo na vida
Segue o teu coração"

Mas a minha mãe estava enganada

Hoje posso compreender

Com o coração magoado eu me encontro

E não sei o que fazer

Com o coração magoado eu me encontro

Sem vontade de viver

Quando eu era mais pequeno, a minha paixão

Passava me para trás

E dizia que eu era um quadrado

Um fracasso de rapaz

Mas eu não ligava e tinha esperanças

De outra pessoa conhecer

Com o coração magoado eu ficava

Sem saber o que fazer

Com o coração magoado eu ficava

Sem vontade de viver

Hoje o meu amor fala de um mundo

Que eu não posso aceitar

Fala que um amigo é tão raro

Que na mão dá para conta los

Eu que vejo amigos em todo o lado

Tenho medo de aprender

O que me preocupa é que hoje eu entendo

Que não dá mais pra mudar

A minha mãe mostrou me um dia o caminho

Que eu não quis modificar

Vou olhando as coisas tristes do mundo

E não posso resolver

Com o coração magoado eu me encontro e assim irei ficar...

Segredo

Posted by xXxPePexXx | Posted on 01:01

1


Hoje, levantei-me e vesti-me a pensar em ti, tinha em mente agradar te, para que olhasses para mim e te sentisses feliz por me ver… tinha tido um sonho aquele sonho que qualquer um procura… A felicidade escondida nas cortinas da nossa mente…. Queria agradar te, não sei se consegui, mas também não sei se é isso que desejo, embora fazer-te sorrir me deixe alegre, feliz pela tua felicidade… hoje, levantei-me a pensar em ti, a voz treme quando me recordo que me vesti, quando me penteie a pensar em ti. O meu corpo fica indefeso quando nos teu olhos me vejo… depois de um acordar em que sol brilhava e o céu limpo e azul condiziam com o brilho do teu olhar… já pareço doido, talvez esteja doido… acordar e em ti pensar… depois misturo as letras em frases feitas, sem sentido, sem rumo, sem algo de novo, sem brilho nem fumo… o dia fica cinzento, o sol escondesse de vergonha de tanta indecisão… não é indecisão, são sonhos que vagueiam pelo um mundo de um ser, que é a personagem principal de uma novela rasca que passa num qualquer canal generalista… não digo mais nada, pois nada á para dizer… simplesmente vou caminhar pela calçada despido de pensamentos, das terras frias do mundo de ninguém, como um único pensamento vivo, e que o repito em silencio para que não o possas ouvir… “- Acordar e em ti pensar é muito bom, ver-te feliz é sentir-me feliz…

Escutar

Posted by xXxPePexXx | Posted on 00:38

1


Não posso mentir a mim mesmo e muito menos para quem amo, que gosto das coisas que me dizes ou melhor AMO. Amo quando me dizes amo-te e que sentes paixão por mim... Adoro todas as outras declarações que fazes. Mas não é só isso... Não é só por isso que eu te procuro! Eu adoro também a forma que falas comigo, o tom da voz, o modo como me amas e me fazes sentir querido e desejado. Adoro quando sonhamos juntos e até chamamos "futuros" filhos pelos nomes... Eu procuro te não só pelas belas palavras que sempre tens pra mim, mas também porque é no colo teu que eu quero ficar, é nos braços teus que me sinto protegido, desejado e amado... Não quero palavras atiradas ao vento, não quero palavras bonitas, mas sem sentido para mim, que venham da boca de qualquer um... Quero o que tens me dizer, que seja sincero, de coração e SÓ pra mim... Quero o que é meu e não o que pode ser de outro.. achas que estou perdido
que não sei bem o que quero, se realmente eu quero é ficar contigo
, tentar uma história juntos. E não posso negar, não sei mesmo se quero e muito menos se devo... Sei que uma história nós dois temos, e independente do que aconteça, do final, se viveremos felizes para sempre ou não, é a NOSSA HISTÓRIA... Eu sei que tenho medo de me magoar, magoar,de magoar outras pessoas envolvidas e principalmente de magoar-te,que quero tão bem e que sempre me fez bem... Só sei agora que quero cantar pra ti uma música que diz o que sinto no momento e sinto isto por ti
e por mais ninguém...
"You are my sunshine, my only sunshine
You make me happy when skies are grey
You'll never know, dear, how much I love you
Please don't take my sunshine away"

My love

Posted by xXxPePexXx | Posted on 23:26

0


Porque? Porque me fazes sentir assim? Porque mesmo não sendo verdade pareces pensar que não te amo... Se ao menos soubesses o que me vai por dentro. Julgar em terceiro plano é facil de fazer e tentar entender o inverso. A ideia e medo consumiram te e tornam te numa pessoa insegura e desrespeitoza por vezes, a minha palavra de aprovação tem de ser sempre vista como um ponto contraditario um pedir mais que nunca pedi mas que no teu entender parece ser verdade. Procura vasculha o momento em que alguma vez disse que não gostava de algo que fizesses como meio de espressão nunca disse: «não gosto»; «não aprecio». Irás chegar a conclusão de que não nunca o disse tenho precepções difrentes das coisas e todos nós temos é o que nos difere um dos outros e é bom apenrender, crescer com os outros, abre horizontes tenta entender o lado inverso, pensa que o tocar não é só na expressão e algo que não se sente fora pode se sentir bem fundo dentro de um pequeno ou o mairo dos corações humanos. Dei te o meu coração, abdicaria de sonhos se preciso para agradar. Como uma casa cheia de emptidão o meu armario está cheio de roupas que nunca uzarei, a minha vida está preenchida de pessoas, mas tu és o meu unico amor mais que um amigo. Será que não entendes que os dias sem ti são como os dias back then londrinos. Posso dizer que o meu coração é como um quarto por mobilar, sugestões? Não sabes que sou apenas um corpo sem o teu abraço? O amor consome nos por dentro, cega nos, deixa nos de uma maneira indiscriptivel, incrivel. E quando amamos de verdade esse amor morre comnosco, não a nada que eu faça que não seja para demonstrar o quanto te ama. És a minha droga favorita e não quero reabilitação, não, pois quando não te tenho sinto me como um drogado quando desesperado fica quando não tem possibilidade de consumir. Esta inocencia que sinto por dentro o que me fazes sentir, o melhor sentimento possivel, é brilhante, espero que se mantenha nunca te vás embora eu preciso de ti agora sempre e agarro me com todas as forças e espero que nunca te transceda verdadeiramente. Porque cada vez que te vais embora conto os passos que dás, e os pedaços do meu coração estão incompletos sem a tua parte indispensavel. Passou algum tempo sem amar ninguém, quando olho nos olhos vejo amor, esse brilho tem de premanecer sempre é o que me dá vontade de continuar. sinceramente sem ti não sei para onde ir, no que pensar o que fazer, é dificil demais mas peço te que não faças para por em risco este bem tão precioso que é o amor que cada vez é mais raro. Não estou a ser melodramatico nem lanço teorias sobre o amor mas o amor é partilha entrega dedicação paixão atracção sentimento dor por vezes e todo um torbilhão misto de emoção que só são sentidas quando o amor verdadeiro nos toca um nervosismo uma ansia de estar com a pessoa uma vontade de congelar o tempo e premanecer num momentio de ternura por milenios é desejar morrer ao lado dessa pessoa esperar que tudo corra pelo melhor, e viver tudo o que tem qeu acontecer acaba por acontecer, ninguém é dono do destino mas podemos construir esse futuro com força de vontade.
Porque as feridas de amor são eternas não saram...

My Immortal
I’m so tired of being here
Suppressed by all of my childish fears
And if you have to leave
I wish that you would just leave
Because your presence still lingers here
And it won’t leave me alone
These wounds won’t seem to heal

This pain is just too real

There’s just too much that time cannot erase

When you cried I’d wipe away all of your tears

When you’d scream

I’d fight away all of your fears

And I’ve held your hand through all of these years

But you still have all of me

You used to captivate me by your resonating light

But now I'm bound by the life you left behind

Your face it haunts my once pleasant dreams

Your voice it chased away all the sanity in me

These wounds won’t seem to heal

This pain is just too real

There’s just too much that time cannot erase

When you cried

I’d wipe away all of your tears

When you'd scream

I'd fight away all of your fears

And I’ve held your hand through all of these years

But you still have all of me

I’ve tried so hard to tell myself that you’re gone

But though you’re still with me

I’ve been alone all along

When you cried I’d wipe away all of your tears

When you’d scream I’d fight away all of your fears

And I’ve held your hand through all of these years

But you still have all of me...of me... me...

Confuso

Posted by xXxPePexXx | Posted on 21:23

1


Dou por me mim confuso, de um momento para o outro sem qualquer explicação... Falta me alguma coisa uma coisa tão essencial mas que eu não consigo decifrar o que é ao certo, mas faz me tanta falta.
Choro sem esforço as lágrimas escorrem me do rosto sem qualquer explicação. Talvez seja parvoíce minha o que deverá ser provavelmente mas a verdade é que a mente não é simples é bem complexa e a minha neste momento parece um puzzle de um milhão de peças por completar... algumas vez pararam para pensar se estamos a desperdiçar o nosso tempo? Quem sou eu ao certo? E não não é uma crise existencial é apenas estranho este sentimento que não consigo explicar. Todos já magoamos e por sua vez já fomos magoados... Mas uma ferida que dói sem se ver é a pior dor que pode acontecer. sinto me bipolar é estranho tanto estou alegre como estou feito num oito de um momento para o outro. Sinto falta de algumas pessoas aquelas que me completam, já me mentiram da pior maneira. Já morri na mentira de uns e ressuscitei na minha própria verdade. Que fique esclarecido que não sou santo mas também não sou mau nem egoísta mentiroso, não me considero uma má pessoa mas certas pessoas não o vêem e por um motivo que nem eu sei explicar conseguem sempre perturbar os meus curtos momentos de paz. sou um íman de sarilhos que por vezes nem são de minha conta.
Depois existem as paixões que nunca morrem não é correcto dizer que a menor idade invalida a possibilidade de amar, AMAR de verdade cegamente, não sei se voltarei a amar como já amei, mas não é fácil de facto. Mas a brutalidade das circunstancias o fim do amor é a pior coisa que pode acontecer quando o amor é verdadeiro é uma ferida que fica marcada sem cura uma dor eterna talvez. Mas existe uma réstia de esperança sempre e essa esperança revolta mas revolta tanto de uma forma sem igual. Pois sei que não tive culpa do que aconteceu e a forma como fui magoado foi não digo desumano mas cruel sim posso dizê lo. Saio a rua e pergunto me se voltarei a ser o que já fui outrora e não sei se o quero voltar a ser. Perdi o meu pai a uns dias, nunca foi uma figura a qual idolatrasse pois nunca foi um exemplo de pai para ninguém e isto que vinha desde outros tempos quando o meu pai havia sido criança e tratado de forma dolorosa e penosa pelo meu avo (paterno) e isso progrediu por sua vez e sendo eu filho único parece que herdei uma espécie de vingança da qual nem tinha o direito de herdar. Mas sobrevivi, chorei, convivi com mundos negros brinquei em sítios imundos, sujos pela droga, essa droga que odeio e que me prosseguia por toda a parte mesmo dentro do meu próprio lar, não é fácil e sei que não apresento o perfil do típico jovem delinquente filho da droga. Isso não aconteceu porque mesmo assim fui amando e a minha mãe a qual agradeço com todas as forças pelo amor que me deu e continua a dar e me transformou no que sou hoje, orgulho me de ter amigos com os quais sei que posso contar sempre tais como a Caju, lisa, João, Rita, Nuria, Paula entre outros mesmo não sendo muitos por opção minha são aqueles que se eu estivesse numa sala onde no exterior da mesmo pudesse estiver a ocorrer o maior caos possível eu puderia descansar pacificamente pois se morresse saberia que a presença e a força deles estava comigo assim como a minha força e presença com eles, daria a minha vida por qualquer um deles pois são eles que me construíram que me ouviram e escutam quando preciso de desabafar ou mesmo partilhar as minhas alegrias. Sem eles não sou ninguém posso dizê lo sem medo pois é a verdade mais clara possível.
Só me resta esperar e ver o mundo girar as coisas aconteceram fazer opções seguir o meu caminho, erguer a cabeça e vencer! Não me vou deixar ir abaixo pois sei que todos os que me amam me repreenderiam por o fazer. Obrigado a todos. Um Brinde a Amizade!

Anonimato

Posted by xXxPePexXx | Posted on 22:29

0

Por vezes penso...

Outras vezes sou vento...

Sou a folha de papel em que escreves...

O barulho das ondas a baterem no mar..

O calor de um abraço...

A ternura de um carinho...

A saliva de um beijo apaixonado...

Sou razão...

Sou ilusão...

Sou o vazio de um todo...

E o preenchimento de um vazio que não consigo preencher...

Sou raiva e odio...

Sou a revolta e a vingança não entendida por aqueles que lutei para vingar...

Sou mal entendido e não desisto..

De um misto de um infinito de um todo que foi e se revelou...

Atirando quatro pedras frias e recalcadas...

Sem perguntar primeiramente aqueles que lhe puderiam revelar a verdade...


Resta concluir que para bom entendedor meia palavra basta.. Só espero que um dia a verdade sempre seja descoberta e aí sim o mundo tornara se há num mundo ideal... Um mundo PERFEITO.