Aquilo que quero...

Posted by xXxPePexXx | Posted on 01:23

1


Os dias passam lentamente,
 e lentamente se vão perdendo as possibilidade de viver mais além da normalidade que tanto abomino,
 aqui estou eu neste meu mundo pequeno e ao mesmo tempo tão amplo,
 acho que ninguém me compreende na realidade...
 ou serei talvez um ser estranho nesta realidade que não escolhi viver,
 ultimamente tenho andando pela sombra,
 sozinho no meu espaço... no meu recanto do costume, 
algo está diferente, 
sinto me diferente,
 talvez o hábito de me ter acostumado à nulidade da palavra 'amor' ou 'paixão' na minha vida...
 Sinto me invisível quando divago pela cidade observando as pessoas nas suas rotinas do quotidiano,
 os casais de mãos dadas,
 os pais passeando com os filhos...
 E eu cá ando, divagando em pensamentos em sonhos e momentos passados,
 aprendendo... renovando... crescendo.
 Não sou aquilo que outrora fui,
 guardo pedaços de quem era,
 os bons é claro, e alguns maus talvez estejam ainda adormecidos,
 mas sendo esses maioritariamente conotados com o sentimento de entrega a quem amo não me afectam à muito tempo...
 não compreendo onde errei... o que faço mal,
 ou se mereço este fado de solidão precoce de rapaz de meia idade,
 será este o meu futuro? Espero que não...
 Pois o meu maior medo é a solidão...
 já perdi muitas pessoas na minha vida,
 por morte... e outras por falhas do destino que nos enganam,
 pessoas que entram na nossa vida e são simplesmente sombras,
 vultos de algo que não existe na realidade,
 aproveitam se da nossa luz, da nossa inocência... e lentamente vão nos consumindo para ser próprio proveito...
 que mundo é este em que quem nada faz tudo tem, e quem tanto luta se perde em batalhas,
 ganha feridas de guerra que carrega consigo até ao dia da sua morte, pois embora seja possível ultrapassar os maus momentos da vida...
 é impossível apaga los na totalidade,
 são ensinamentos que levamos connosco,
 que te tornam mais integro, mas honesto, mais 'como devia ser'...
 Mas a minha interpretação do amor é considerada da velha guarda aos olhos do mundo em que vivo,
 será errado querer encontrar alguém para viver o resto da minha vida a meu lado?
 E como disse... 'o resto', não apenas uma brincadeira de amores de um adolescente que não sabe bem o que quer em todas as explosões hormonais que acontecem no seu interior...
 Desde pequeno que fui indirectamente obrigado a ter mais idade do que aquilo que realmente tenho, 
uma infância não tão feliz como nos contos de fadas com que tanto sonhava,
 acontecimentos que me marcaram e me fazem diferente,
 talvez um estranho, talvez errado...
 Apenas quero encontrar o meu rumo e se possível acompanhado,
 estou cansado de viver na solidão do meu mundo, 
pois embora suportável não é esse o meu desejo,
 quero sonhar,
 ir mais além, amar, criar memorias, 
ser um pouco menos sozinho e mais um pouco acompanhado por esse alguém que será o inicio do meu sonho tornado realidade.
Eu só quero...
ser Feliz.