'Prazer em Ver-te'

Posted by xXxPePexXx | Posted on 00:42

0


Mais um dia em que me senti simplesmente um passageiro do tempo,
 na verdade sentia me entusiasmado com a possibilidade de encontrar algo que há algum tempo procuro,
 um sinal talvez, arrisquei... vesti o meu sorriso e saí para a rua a sentir me brilhante, repleto de luz,
 não deixei que o nervosismo tomasse controle do meu corpo e simplesmente fui eu mesmo,
 sem medos, sem receios...
 Apenas eu e o meu sorriso de menino sonhador,
 e ali esperei, ansioso... curioso... duvidoso...
 tanto ouvira falar desse nome que sem saber me deixei entusiasmar como uma criança que espera abrir o seu presente na véspera do dia de Natal.
 E os segundos passaram, os minutos voaram, e as horas levadas ao vento cessaram,
 passei de entusiasmo a desilusão, esse doce amargo sabor que tão habituado estou a sentir,
e eis que alguém passa e surge um olhar descomprometido, desmedido, despercebido...
 O nome passou a ter uma figura, por escassos milésimos de segundo.
Uma pequena tortura de sonhador, simplesmente não me podem fazer isto,
 não sei deixar de acreditar em romancismos e ligações cósmicas...
 E se tudo for um erro? Porquê acreditar?
 É triste quando chegamos ao ponto de aceitar a solidão como ela é,
 pois nada mais faz sentido, pois sentes que simplesmente na realidade ninguém te compreende na totalidade,
 e nem eu me entendo, já não sei o que fazer...
 Talvez o problema esteja em mim, talvez seja eu o estranho neste meu mundo de sonhos...
Talvez não seja desta, talvez seja um dia mais tarde,
 mas esta dor dói como ferida aberta no espaço,
 exagero para alguns... mas para mim é um sonho,
 é o ansiar por algo melhor, por um novo começo...
Talvez te veja outra vez...
talvez sejamos apenas passageiros do tempo em caminhos diferentes deste mar que é vida, ou talvez sejas a chave para um fado que virá, talvez... apenas talvez...
por agora apenas posso dizer em pensamento...
'Prazer em ver-te'.

Infinity

Posted by xXxPePexXx | Posted on 00:05

1


"Tenho em mim todos os sonhos do mundo"

Este silêncio ensurdecedor que me devora dentro destas quatro paredes não parece cessar,
 sinto me como sempre... sozinho,
 parece que nunca me consigo livrar deste fardo da solidão,
 tento engana la das mais diversas maneiras,
 acredito nas pessoas mas parece que nenhuma quer ficar,
 parece que nenhuma me estima,
 e então aqui fico neste estado de dormência de sentimentos em que nem as lágrimas que me escorrem pelo rosto na escuridão do meu quarto parecem curar a dor que sinto dentro de mim,
 tudo parece correr mal,
 os meus sonhos cada vez mais longe e eu cada vez mais só,
 com isso não digo que passe os meus dias a fio sozinho mas não é dessa solidão que falo,
 é o chegar a casa e tudo estar vazio,
 a cama desfeita de um só lado,
 o prato na mesa para uma só pessoa,
 todos os dias...
 fora da porta há um mundo de vida que morre quando aqui entro,
 não há mais nada,
 não há luz, não há sorrisos, sobram apenas horas que passam, horas inertes em que as aproveito das mais diversas formas mas o tempo é tanto e a vontade de concretizar os meus sonhos ainda maior,
 talvez seja esse o meu problema, 
não conseguir deixar de sonhar,
 pois sem os meus sonhos não existiria mais esperança restante no meu corpo,
 afinal de contas tudo fica igual se os sonhos permanecerem mas tudo o resto cessar,
 pelo menos posso acreditar na mudança futura, e é a isso que me agarro,
 à esperança de um dia tudo ficar um pouco melhor,
 que deixe de ser dor e passe a ser felicidade,
 mas tudo isto custa... bastante...
 nunca pensei que quando chegasse à minha idade que tantas pessoas já tivessem partido da minha vida,
 não escolhi isto para mim, não foi isto que sonhei, tanto sofrimento, tantas adversidades,
 será um teste para algo melhor?
 Ou ainda não estou preparado?
 Quero puder respirar de alivio, quero deixar de sentir o peso do mundo nos meus ombros,
 quero ser feliz,
 será pedir muito?
 Quero puder refugiar me nos braços de alguém e sentir me vulnerável!
 esta vida de guerreiro menino é penosa e a armadura que carrego tem o peso de mil toneladas de preocupações... 
tenho medo e não quero fraquejar,
 quero um sorriso rasgado nos lábios e os meus sonhos alcançar!
 Que o universo encha de luz o meu caminho, 
que no cimo da colina junto do carvalho velho esteja o meu sonho pintado a nu e no horizonte o nascer do sol,
 e quando lá chegar sei que vou ter força para mais uma batalha,
 estou pronto para que a minha vida finalmente comece quero iniciar esta jornada, quero voar e chegar mais além! 
Não me irei cansar de acreditar! 
Porquê perguntam... 
Porque os meus sonhos... os meus sonhos são...
 infinitos!